Twitter / Volta Redonda (@VoltacoFC)
Twitter / Volta Redonda (@VoltacoFC)

Três jogadores do Volta Redonda dão positivo para covid-19 e não encaram o Flu

Clube não divulga nomes dos atletas infectados, que vinham treinando com o grupo nos últimos dias

Redação, Estadão Conteúdo

28 de junho de 2020 | 16h29

O Volta Redonda tem três desfalques de última hora para a partida contra o Fluminense, neste domingo, às 19 horas, no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, pela quarta rodada da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca, que marca a retomada das duas equipes em meio à pandemia do novo coronavírus. Três jogadores relacionados para o duelo foram diagnosticados com a covid-19 nos exames pré-jogo exigidos no protocolo Jogo Seguro, elaborado pela Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro).

De acordo com o clube de Volta Redonda (RJ), que divulgou a informação em suas redes sociais, os testes foram realizados na manhã deste domingo. "Das quarenta pessoas testadas, três jogadores testaram positivo para o novo coronavírus e, imediatamente, foram colocados em isolamento. Por consequência, os familiares destes atletas também estão realizando os testes", escreveu.

Os nomes não foram divulgados pelo clube, que destacou a importância dos exames pré-jogo neste momento. "O Esquadrão de Aço ressalta mais uma vez a importância e a eficiência do protocolo Jogo Seguro, pois através dele foi possível identificar os atletas contaminados, agindo assim, da melhor maneira para proteger todos os envolvidos", finalizou o Volta Redonda.

Os atletas diagnosticados com o novo coronavírus vinham treinando com a equipe desde a reapresentação do elenco, que aconteceu no último dia 16. A última atividade aconteceu na manhã deste sábado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.