Três times italianos estão na briga

Internazionale e Roma terão neste domingo mais uma etapa na batalha que travam, junto com a Juventus, pelo título italiano da temporada de 2001-2002. O time milanês, com 43 pontos, visita o Verona, enquanto os romanos, com 45, enfrentam o desespero do Brescia, ameaçado de rebaixamento. O Chievo, com 37, mas em queda, joga contra a Lazio, no campo rival, pela 23ª rodada. Inter e Roma correm risco, embora tenham boa distância em relação ao Chievo, o quarto na corrida pelo scudetto. A missão do clube de Ronaldo é complicada porque atuará no campo do Verona, que tem 32 pontos e briga por vaga para a próxima Copa Uefa. O ambiente ficou tumultuado por causa de declarações do holandês Seedorf, segundo as quais "é preciso esquecer" o atacante brasileiro. Jogador e dirigentes trataram de desmentir entrevista, sob a alegação de que "as frases foram distorcidas". A Roma não tem divisão interna, mas o técnico Fabio Capello anda preocupado com o desempenho irregular das últimas semanas. Ainda assim, aposta no título, porque o time depende apenas de seus resultados. O entrave, nesta rodada, é a tensão do Brescia, com 32 pontos e na zona de rebaixamento. Para consolar, os rivais da Lazio (29) estão em má fase, em crise e jogam em Verona contra o Chievo. A rodada terá ainda: Piacenza (24) x Venezia (15), Perugia (27) x Lecce (20), Parma (27) x Torino (28) e Udinese (29) x Bologna (35).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.