Três times trocam de técnico para a Série B do Brasileiro

Paulista, Remo e São Caetano estão sob novo comando; Marília fica sem técnico

Agencia Estado

04 de julho de 2007 | 15h16

Três times que disputam a Série B do Brasileiro estão de técnico novo para esta temporada. O Paulista apresentou nesta terça-feira, 3, Waldemar Lemos, que treinou a Cabofriense no Campeonato Carioca e estava também na mira do Remo - que decidiu efetivar o interino Charles Guerreiro. O outro foi o São Caetano, que tirou Paulo Comelli do Marília, agora o único time sem treinador na competição.O Paulista, que havia perdido Marcelo Veiga para o América-RN, venceu o leilão com o Remo, que vive crise financeira. Lemos assinou contrato até maio do ano que vem, quando acaba o Campeonato Paulista, e já comandou o primeiro treino na tarde desta terça-feira. Sua estréia será na sexta, 6, contra o Marília.Sem poder acertar com Lemos nem com Giba, ex-Sport, que era a primeira opção, o Remo preferiu efetivar Charles Guerreiro, que fez um bom trabalho à frente do Ananindeua na Série C do ano passado e era o auxiliar de Luís Carlos Martins, demitido após a derrota por 3 a 1 para o CRB, no último sábado. O treinador faz seu primeiro jogo também na sexta, fora de casa, contra o Brasiliense.O São Caetano teve de pagar R$ 180 mil ao Marília, que não aceitou liberar Comelli sem receber a multa rescisória. Ele será apresentado nesta quarta-feira como o substituto de Jair Picerni, e estréia na sexta-feira, contra a Ponte Preta. O Marília busca um substituto para o jogo contra o Paulista, e está de olho em Flávio Lopes, que passou pelo clube em 2005.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.