Três torcedores do Bayern de Munique são condenados à prisão

Tribunal pune alemães que participaram de uma briga durante um jogo do campeonato local

Efe,

31 de janeiro de 2008 | 11h04

Três torcedores do Bayern de Munique foram condenados à prisão, pena que foi substituída por liberdade condicional, devido aos distúrbios ocorridos após o ataque a um ônibus de uma torcida do Nuremberg. Um tribunal de Würzburg considerou provado que os três homens participaram de uma briga em um estacionamento, que deixou vários feridos. As penas decretadas são de entre um e dois anos de prisão, mas só serão aplicadas se eles reincidirem e se deixarem de cumprir uma série de condições imposta pelo tribunal. Em maio, cerca de 20 integrantes de uma violenta torcida organizada do Bayern, conhecida como "Schickeria", invadiram um ônibus de torcedores do Nuremberg e agrediram os ocupantes. Um deles arremessou uma garrafa que feriu gravemente uma mulher na cabeça, mas durante o processo não foi possível determinar quem foi o autor. As penas impostas aos acusados estão abaixo das que tinham sido pedidas pela Promotoria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.