Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Treze-PB derrota São Caetano: 2 a 1

O Treze-PB mostrou quem é que manda em casa e derrotou o São Caetano por 2 a 1, nesta quarta-feira, em Campina Grande, no jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil. Com o resultado, o time do ABC agora precisa vencer por pelo menos 1 a 0 no jogo de volta, na próxima quarta-feira, em São Caetano do Sul. Já o Treze pode até perder, desde que faça pelo menos dois gols.O Treze logo mostrou que não se importava com o favoritismo do São Caetano e tratou de pressionar o visitante, que acuado em seu campo até que tentava sair para o jogo através de Marcinho. O principal destaque do time do ABC, porém, pouco conseguia fazer diante da marcação individual de Adelmo.No início, a pressão foi contida, mas o Treze começou a ficar mais perigoso e quase abriu o placar aos 24 minutos. Beto fez jogada individual e cruzou rasteiro para Adelino, que venceu o goleiro Fabiano, mas não o zagueiro Gustavo, que salvou a bola quase em cima da linha. Nos acréscimos, o time paulista teve a sua chance com Luis Cláudio. Ele recebeu lançamento e ficou de frente para o gol e chutou rasteiro. Mas Alisson fez o mesmo papel de Gustavo e salvou o Treze.No segundo tempo, o Azulão voltou mais ofensivo e quase marcou aproveitando o nervosismo do goleiro Azul, que soltou a bola em um chute despretensioso de fora da área de Triguinho aos 3 minutos, mas ainda conseguiu colocar para fora. Um minuto mais tarde, o Treze perdeu uma chance preciosa de fazer o primeiro gol. Beto chutou da entrada da área, Fabiano defendeu e no rebote, a bola ficou com Da Silva. O meia cruzou, Fabiano ficou pelo caminho e Adelino, com o gol vazio, chutou para fora.Mas o tão esperado gol veio finalmente aos 19 minutos. Beto driblou Triguinho e Gustavo e entregou para Da Silva bater da entrada da área e acertar o ângulo de Fabiano. A torcida do Treze só conseguiu comemorar até os 24 minutos, quando Triguinho foi derrubado por Alisson na área. Marcinho cobrou o pênalti e deixou tudo igual. Do mesmo jeito o Treze desempatou. Triguinho derrubou Da Silva: pênalti que Adelino bateu para fazer 2 a 1 aos 30 minutos.Na saída de bola, o São Caetano mostrou que não estava disposto a se entregar e Triguinho arriscou de fora da área para a boa defesa de Azul. Sete minutos depois, o goleiro do Treze fez um verdadeiro milagre: Márcio Mixirica recebeu cruzamento livre e cabeceou a queima-roupa, mas Azul defendeu novamente. O Treze ainda teve a chance de fazer mais um aos 45 minutos. Beto driblou Zé Luiz pela direita e cruzou rasteiro para Adelino carimbar o travessão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.