Tribunais condenam 14 por violência na Eurocopa

Os tribunais poloneses condenaram 14 torcedores pela participação nos distúrbios quando Polônia e Rússia se enfrentaram nesta semana pela Eurocopa. Os julgamentos relâmpagos relacionados às brigas de terça-feira têm a intenção de demonstrar que as autoridades polonesas não vão tolerar mais agitações durante o torneio.

AE-AP, Agência Estado

14 de junho de 2012 | 12h11

Sete poloneses foram condenados na quarta-feira e outros sete nesta quinta, disse o porta-voz do Tribunal Distrital de Varsóvia, Wojciech Malek. Algumas das infrações cometidas foram agredir policiais e "participar de reuniões ilegais" com a intenção de se envolver em atos violentos. Ele explicou, ainda, que as penas são variadas.

A Justiça tem planos de realizar outros julgamentos relâmpagos nos próximos dias. A polícia prendeu 184 pessoas por terem participado de distúrbios, que começaram antes do jogo, quando milhares de torcedores russos marcharam pelo centro da cidade de Varsóvia em direção ao Estádio Nacional. Muitos poloneses acreditam que as autoridades não deveriam ter permitido a marcha, tendo em conta a história espinhosa entre a Rússia e a Polônia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.