Tribunal julga brasileiros do Vicenza

O tribunal da Federação Italiana de Futebol denunciou os jogadores Jeda e Dedé, do Vicenza, por uso de passaportes portugueses falsos. Os dois brasileiros fazem parte da lista de atletas sob suspeita de atuar no país com documentos irregulares e ainda correm risco de suspensão. A Comissão de Disciplina decidiu também multar o Verona em US$ 40 mil porque a torcida entoou coros racistas contra o holandês Davids no jogo com a Juventus.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.