Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Tribunal não deve ocupar as manchetes, critica Mano

Após liberação de Valdivia, STJD impede participação de Guerrero contra o Palmeiras. Técnico da equipe corinthiana minimiza o caso

VÍTOR MARQUES, Estadão Conteúdo

24 de outubro de 2014 | 13h09

O técnico do Corinthians, Mano Menezes, criticou nesta sexta-feira a postura do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na semana que antecede o clássico com o Palmeiras. O tribunal deu condições para Valdivia jogar e, nesta manhã, vetou a participação de Guerrero.

"É o futebol que precisa ocupar as manchetes, não o tribunal. Nós voltamos ao G4 depois de algumas rodadas e no dia seguinte o que tinha destaque era a ação do tribunal", afirmou.

Guerrero foi julgado na quarta-feira pelo Pleno do STJD, a última instância do tribunal. Ele só foi julgado novamente porque a própria procuradoria do tribunal entrou com um pedido de reconsideração da pena.

No primeiro julgamento, Guerrero foi absolvido pelo empurrão no juiz Leandro Bizzio Marinho, em jogo pela Copa do Brasil. Depois, pegou três jogos de suspensão. O Corinthians ainda tentou trocar a suspensão por uma multa, mas o tribunal vetou a ideia. Por isso ele está fora do clássico.

"Ele vai fazer falta, como fez na quarta-feira. Ele vem sendo um dos principais jogadores nossos da temporada. Ficamos chateados porque entendemos que não foi usado o mesmo critério para os dois (times)", afirmou.

Mano se referia à situação de Valdivia. O Palmeiras fez um ''acordo'' com o STJD e o meia poderá jogar o clássico. O clube alviverde retirou o efeito suspensivo para que o chileno cumprisse a punição contra o Cruzeiro, na última quarta-feira, ficando livre para disputar o clássico.

TIME

Mano Menezes não confirmou a equipe que vai jogar contra o Palmeiras. Ele revelou que ainda tem uma dúvida no ataque. Romero e Luciano disputam a posição de Guerrero. "Estamos pensando na melhor escolha para amanhã [sábado]. Cada jogador tem sua característica", disse. O zagueiro Anderson Martins, com estiramento na coxa, é dúvida. Após oito jogos, Ralf será relacionado, mas começa no banco de reservas.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansMano Menezes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.