Tribunal rebaixa Botafogo e Ecus

O Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP) tirou pontos e determinou mais dois times rebaixados nas Séries A2 e A3 do Campeonato Paulista nesta segunda-feira: o Botafogo, de Ribeirão Preto, perdeu seis pontos e, assim, cai para a Terceira Divisão, e o Ecus, de Suzano, perdeu 12 pontos e foi rebaixado para a Série B (equivalente à Quarta Divisão).Os dois clubes têm três dias para recorrer, o que será feito pelo advogado João Vicente Gazolla. O time de Ribeirão Preto foi citado no artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), por escalar o jogador Duda irregularmente (seu contrato já havia terminado). Além de perder seis pontos, foi multado em R$ 5 mil. Assim, quem permanece na Série A2 é o Rio Preto, que termina com 18 pontos, na oitava posição do Grupo 1. O Botafogo, portanto, fica com 16 e na nona posição. É a primeira vez em sua história que o time de Ribeirão Preto cai para a Terceirona.Já o Ecus, de Suzano (SP), perdeu 12 pontos e foi multado em R$ 10 mil por ter infringido o mesmo artigo 214 do CBJD. Com isso, o beneficiado foi o Mauaense, que tem 15 pontos e sobe para a oitava posição do Grupo 2, enquanto o Ecus fica com apenas sete pontos e cai para a décima e última colocação. Os regulamentos das duas competições previam que os dois últimos colocados de cada grupo seriam rebaixados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.