Tricolor já começa a pensar na Libertadores

Tão logo terminou a partida contra o Coritiba, em que o São Paulo venceu por 2 a 1 e assumiu a liderança isolada do Campeonato Brasileiro, os jogadores já passaram a pensar na partida de quarta-feira contra o Rosário Central, em que a equipe tricolor precisa de dois gols para continuar na Copa Libertadores da América. Aliás, o tecnico Cuca já pensava nessa partida ainda antes do jogo contra o Coritiba. ?Jogamos aqui com o pensamento lá?, afirmou. Por isso, ele escalou o volante Ramalho desde o inicio do jogono lugar de Fábio Simplício, que cumpre suspensão quarta-feira. ?Será difícil, mas jogando 11 contra 11 é mais tranquilo?, disse omeia Marquinhos. ?Sabemos que vai ter catimba e retranca, mas nãopodemos entrar nesse jogo.? Essa é também a determinação do atacanteLuis Fabiano. ?Não vamos cair na catimba?, promoteu. O jogador marcouneste domingo o 112º gol com a camisa tricolor, igualando-se a Careca. ?Alcancei mais um?, brincou. Segundo o meia Marquinhos, o time sentiu cansaço no segundo tempo nojogo deste domingo. ?Agora precisamos descansar?, pediu. O time viajoudireto da Argentina para Curitiba. ?O preparo físico é bom, mas aspernas começaram a pesar.? O lateral Cicinho pediu o apoio da torcida para a partida dequarta-feira. ?Precisamos mais do que nunca que os torcedores nosajudem?, apelou. Segundo ele, o time tem encarado todos os jogos comouma decisão, e esse é o pensamento de todos em relação ao RosárioCentral. ?Quarta-feira teos que fazer o bicho pegar?, afirmou. Sobre o jogo contra o Coritiba, o técnico Cuca disse que o primeirotempo do São Paulo ?fez a diferença?. Com o gol do Coritiba logo a 5minutos do segundo tempo, o pessoal administrou o resultado. ?Eu não melembro de muitos ataques do Coritiba e nós ainda perdemos algumasoportunidades?. Segundo ele, os jogadores sentiram o ?desgaste natural?.Cuca deve manter o atacante Wélber ao ao lado de Luis Fabiano contra o Rosário. Para ele, os três pontos de diferença sobre o segundo colocadoé importante mas há necessidade de conseguir uma vantagem maior. Elelembrou que, no ano passado, o Goiás, que ele treinava, vencia, mas oCruzeiro, que liderava, também obtinha vitórias. ?Num campeonato depontos corridos é preciso abrir toda a vantagem possível, porque num dia em que estiver ruim, os pontos podem não fazer falta?, afirmou. Apesar de uma pancada na perna no momento em que marcou o segundo goldo São Paulo, aos 21 minutos do primeiro tempo, considerado por todosos jogadores como o gol mais bonito do time na temporada, Gustavo Nerydeve entrar em campo contra o Rosário. Ele foi poupado do restante dapartida deste domingo e imediatamente iniciou o tratamento médico, mas deacordo com médicos do clube, a pancada foi superficial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.