Tricolor quer trocar Hiroshi por Ramón

A derrota do São Paulo para o São Caetano por 2 a 0, a falta de criatividade do time e a revolta dos torcedores alertaram a diretoria do clube. Consciente de que a equipe ainda precisa de reforços, principalmente para o meio-de-campo, o diretor de futebol, José Dias, propôs ao Atlético-MG uma troca do atacante Sandro Hiroshi pelo meia Ramón. Os dirigentes mineiros estão analisando a possibilidade e deverão dar uma resposta nos próximos dias.As chances de o negócio ser efetuado são grandes. Ramón não vem sendo aproveitado pelo técnico Abel Braga e admite estar insatisfeito no Atlético-MG. Hiroshi também está ?encostado? no São Paulo. Seis jogadores estão à sua frente na disputa por um lugar no ataque: os titulares Renatinho e França e mais, Luís Fabiano, Fabiano Souza, Ilan e Oliveira. No início do ano, a diretoria são-paulina tentou comprar o passe de Ramón, mas não quis pagar o valor pedido pelo Atlético. O jogador, que pertencia ao Vasco, teve o passe comprado pelos mineiros, em janeiro de 2000, por cerca de US$ 3 milhões. Segundo pessoas ligadas à diretoria do Atlético, o Palmeiras também tem interesse no jogador.Oswaldo Alvarez pediu a contratação de um meia desde que assumiu o comando do time. O clube tentou contratar Kelly e Adriano, do Atlético-PR, mas não conseguiu. O treinador aprova o nome de Ramón.Os próprios são-paulinos estão preocupados com a falta de um jogador de criatividade no meio-de-campo, que possa fazer a diferença num jogo. O goleiro Rogério Ceni, capitão da equipe, admite que o time é limitado e tem carência de um atleta que desequilibre. "Falta um jogador do estilo de um Juninho Paulista ou de um Robert."Rogério Ceni é o único que vem agradando ao torcedor e está isento de qualquer cobrança. Segundo ele, porém, os são-paulinos precisam entender que o time está, pelo menos, correndo em campo. "Se não ganhamos, é porque não estamos dando sorte ou porque falta jogador de qualidade, mas não por falta de vontade."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.