Pilar Olivares/Reuters e Érico Leonan/São Paulo FC
Pilar Olivares/Reuters e Érico Leonan/São Paulo FC

Tricolores duelam para fugir da degola no Campeonato Brasileiro

São Paulo enfrenta o Fluminense no Rio para tentar se afastar de vez da zona de rebaixamento do Nacional

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

18 Outubro 2017 | 07h00

Os dois times grandes em pior situação no Brasileiro se enfrentam nesta quarta-feira pela 29.ª rodada. O São Paulo vai ao Rio de Janeiro enfrentar o Fluminense em busca da segunda vitória seguida no torneio - algo que só aconteceu uma vez, há 25 rodadas.

Petros e Militão se recuperam e são relacionados para duelo contra o Fluminense

A situação dos dois times é parecida. O tricolor carioca tem um ponto a mais que o paulista, 35 a 34. Na tabela, apenas uma posição de diferença: 12.º e 13.º. Ambos vêm de vitória (o Flu, sobre o Avaí por 1 a0 e o São Paulo, sobre o Atlético-PR por 2 a 1) e, a dez rodadas do fim do Nacional, tentam se afastar da zona de rebaixamento.

O clima é de guerra. Para Henrique Dourado, do Flu, artilheiro do campeonato, o duelo contra os paulistas será duro, principalmente por se tratar de um confronto direto na luta contra a degola. “Cada suor derramado vai ser ainda mais forte e valer ainda mais contra o São Paulo”, afirmou.

No Morumbi, a percepção é parecida. “O Flu também passa por um momento de oscilação, perdendo alguns jogos, mas também tem o mesmo pensamento que nós”, analisou o atacante Marcos Guilherme. “É um jogo importante para as duas equipes. Eles vão vir com muita vontade e nós também.”

Contra o Fluminense, o técnico Dorival Junior tem a opção de manter o time que venceu no sábado. A equipe tricolor não tem jogadores suspensos e Petros e Militão, que chegaram a ser poupados na segunda por causa de dores na coxa esquerda, estão relacionados para a partida.

Mais conteúdo sobre:
Fluminense São Paulo Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.