Tricordiano levanta suspeita de manipulação e ameaça deixar Mineiro

Em tempos de diversas investigações pelo mundo por manipulação de resultados no futebol, o Tricordiano fez com que a suspeita chegasse ao Brasil. Mais precisamente, ao Campeonato Mineiro. O pequeno clube de Três Corações levantou a possibilidade de o Estadual estar envolto em um esquema de manipulação e inclusive ameaçou abandonar a competição.

Redação, Estadão Conteúdo

14 de março de 2016 | 11h24

"Devido a indícios que demonstram manipulação de resultados no Campeonato Mineiro módulo 1 e reforçados no jogo contra a URT em Paços de Minas, o Clube Atlético Tricordiano informa a intenção de cancelar sua participação no campeonato", informou o clube em nota oficial. A Federação Mineira de Futebol (FMF) ainda não se manifestou sobre o assunto.

O Tricordiano ocupa atualmente a antepenúltima colocação no Mineiro, com somente seis pontos em sete partidas, mas não estaria rebaixado se a competição terminasse hoje. Na partida em questão, a equipe reclamou muito de um pênalti não marcado após toque de mão na área adversária. Depois, acabou sendo castigada com um gol nos acréscimos que selou a vitória da URT por 1 a 0, no último domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.