Trinidad pega Paraguai e torce por vitória da Inglaterra

Poucos dentro da própria seleção de Trinidad e Tobago esperavam que isso acontecesse, mas é verdade que a equipe chega à partida contra o Paraguai, nesta terça-feira, em Kaiserslautern, com chances reais de classificação para as oitavas-de-final.É verdade que a missão não é fácil: o time precisa vencer seu jogo e torcer para que a Inglaterra supere a Suécia, e ainda descontar a diferença no saldo de gols: os suecos tem 1, contra saldo negativo de dois dos caribenhos. Assim, resta aos jogadores, muitos deles atuando em divisões menores do futebol inglês, torcer pela "pátria-mãe"."Rooney pode fazer a diferença contra a Suécia", diz o volante Birchal, ele próprio nascido na Inglaterra. "Nenhum de nós quer ver o sonho terminar, por isso tenho certeza de que Els podem nos fazer esse favor", completou.O técnico Leo Beenhakker, no entanto, acredita que, antes de torcer pelos ingleses, é preciso fazer a própria parte e vencer os paraguaios. "Será um jogo interessante, em que vamos tentar vencer para manter nossas aspirações. Há uma chance remota, e precisamos fazer o resultado na nossa partida", adverte o treinador, que fez elogios ao eliminado rival sul-americano. "É um advesário duro e que tem bom futebol, embora ainda não tenha apresentado isso na Copa."O principal objetivo do Paraguai é se despedir de forma digna, apesar do inesperado fiasco - nas últimas duas Copas, a equipe conseguiu se classificar para as oitavas-de-final. A partida marcará a despedida do zagueiro Gamarra, que vinha sofrendo críticas por suas atuações ainda no Palmeiras, durante o Brasileirão, e acabou marcando um gol contra na derrota por 1 a 0 para a Inglaterra.Ficha técnica:Paraguai x Trinidad e TobagoParaguai - Bobadilla; Caniza, Gamarra, Cáceres e Núñez; Barreto, Acuña, Paredes e Dos Santos; Santa Cruz e Valdez. Técnico: Aníbal Ruiz.Trinidad e Tobago - Hislop; Gray, Lawrence, Sancho e Avery John; Edwards, Birchall, Theobald e Samuel; Yorke e Stern John. Técnico: Leo Beenhakker.Árbitro: Roberto Rosetti (Itália).Local: Fritz Walter Stadion, em Kairserslautern.Horário: 16 horas (de Brasília).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.