Reprodução
Reprodução

Trio brasileiro cai nas graças da imprensa internacional após Barça x Real

Vinícius Junior, Malcom e Arthur brilham no empate por 1 a 1 desta quarta-feira; Marcelo e Coutinho são criticados

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

07 Fevereiro 2019 | 11h59

Os jogadores brasileiros foram destaques positivos e negativos no clássico entre Barcelona e Real Madrid, que terminou empatado por 1 a 1 na quarta-feira, pela Copa do Rei. De um lado, Arthur, Vinicius Junior e Malcom deixaram o jogo sob aplausos e muitos elogios da imprensa e torcedores. Do outro, Philippe Coutinho e Marcelo, unanimidades na seleção brasileira, amargaram más atuações e críticas severas.

A imprensa internacional, no geral, teve uma visão bem parecida do que foi a partida, principalmente a espanhola. Mas a boa atuação do jovem trio brasileiro chamou atenção mais do que qualquer coisa. A CNN, por exemplo, ao relatar o que aconteceu na partida, destacou: "Young brazilians star in el clasico (Jovens brasileiros brilham no clássico). Destacando, principalmente, os atacantes Vinicius Junior e Malcom, autor do gol catalão.

O jornal Marca, um dos principais da Espanha, fez uma enquete com seus leitores perguntando quem foi aprovado e desaprovado no clássico. Os números deixam claro a euforia com alguns brasileiros e a decepção com outros. O brasileiro com mais votos positivos, até às 11h30 (horário de Brasília), era Malcom (88% x 12%), seguido por Vinicius Junior (82% x 18%) e Arthur (81% x 17%). Já Marcelo e Coutinho apareciam com os mesmos dados. Ambos estavam com 8% de aprovação e 82% de rejeição.

Veja o que os principais jornais da Espanha escreveram dos brasileiros após o clássico:

Vinicius Junior

O ex-atacante do Flamengo foi apontado como um dos destaques do jogo pelo jornal Marca. "Vinicius e Arthur são o futuro. Eles têm atrevimento, se oferecem e participam do jogo. Vinicius superou com sobras seu primeiro clássico", informou o jornal, que entretanto, fez uma ressalva. "Só faltou a definição, tomar as decisões corretas no momento chave."

Arthur

Foi apontado pelo "AS" como o ponto de equilíbrio do meio-campo do Barcelona e um dos melhores em campo. O Marca o chamou de um jogador do futuro também e analisou. "Ele voltou a demonstrar que é um grande jogador, um futebolista do futuro. Se ofereceu no centro de campo e sempre pediu a bola. Jogou e esteve incansável na recuperação (da bola)", relatou o jornal .

Malcom

A CNN o colocou como um diferencial do Barcelona. O Marca também o elogiou. "Foi o jogador mais perigoso do Barcelona. Só faltou acertar um mano a mano com Keylor Navas no primeiro tempo". Nas redes sociais, o ex-corintiano também foi o mais elogiado pelos torcedores.

Coutinho

Foi o atleta mais criticado no clássico. O Sport bateu duro no jogador. "Um desesperador Coutinho, cada vez pior. A bola chegava no brasileiro e era uma bola perdida. Ele não está rendendo nesta temporada. Tem qualidade, mas não consegue explorá-la", comentou. O Marca foi na mesma linha. "Da ilusão à tristeza, da magia à decepção. Um ano depois de chegar ao Barça como a contratação mais cara da história do clube e como sucessor de Iniesta, o rendimento do brasileiro é muito inferior ao esperado".

Marcelo

Um dos jogadores mais vencedores da história do Real Madrid, Marcelo atravessa um de seus piores momentos no clube. O jogador recebeu muitas críticas da imprensa e torcedores. Dentre outros, o Marca resumiu a atuação do brasileiro. "Não atravessa o seu melhor momento e isso se nota em campo. Barcelona gerou muito perigo pelo seu lado e o Marcelo foi um ponto débil nos Blancos (Real). Malcom conseguiu explorar muito bem isso", disse o Marca.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.