Márcio Fernandes/Estadão
Márcio Fernandes/Estadão

Triste, Luis Fabiano diz que não merecia suspensão após vitória do São Paulo

Ainda cabisbaixo, atacante deixou clara a insatisfação com a punição da Conmebol na Libertadores

AE, Agência Estado

23 de março de 2013 | 21h01

SÃO PAULO - Neste sábado, Luis Fabiano marcou gol pelo terceiro jogo seguido, mas ele não está nada feliz. Assim como nos demais, o atacante mal esboçou sorriso para comemorar o segundo gol do São Paulo na vitória sobre o Bragantino, por 2 a 0. Após o jogo, ele afirmou que não está com problemas pessoais. Está incomodado com "coisinhas que estão acontecendo".

Uma delas o incomoda especialmente: a suspensão de quatro jogos a qual ele foi condenado pela Conmebol por ter sido expulso no fim do empate contra o Arsenal de Sarandi, supostamente por ofender o árbitro, o que ele nega.

"Dessa vez eu não merecia. Pode ser que eu merecesse ser expulso, apesar de não ter falado nada. Mas é um pouco excessivo. Essa punição foi o que causou mais tristeza", explicou o jogador, na saída do gramado do Morumbi, em tom bastante desanimado. "Essas coisinhas, o momento, minam o jogador", reclamou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.