TST mantém Juninho preso ao Vasco

O Tribunal Superior de Trabalho deferiu o pedido do Vasco e proibiu o meia Juninho Pernambucano de se transferir para qualquer clube. O clube havia recorrido à instituição para assegurar seus direitos sobre o passe do atleta. Juninho, que baseou-se na nova lei do passe para pedir sua posse, havia acertado sua transferência para o Lyon, da França.

Agencia Estado,

12 de junho de 2001 | 19h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.