Arquivo/AE
Arquivo/AE

'Tudo saiu como a gente queria', diz Mano após vitória

Comandante corintiano afirma que a equipe cumpriu seu objetivo ao eliminar a partida de volta contra o Misto

Agencia Estado

16 de abril de 2009 | 00h54

O técnico Mano Menezes foi direto após a vitória por 2 a 0 do Corinthians sobre o Misto na noite desta quarta-feira, em Campo Grande, que garantiu a classificação às oitavas-de-final da Copa do Brasil. Mesmo sem ver seu time ter uma grande atuação, o comandante corintiano destacou que o objetivo foi conquistado: eliminar o jogo de volta e ter a semana que vem livre. "Tudo saiu como a gente queria", resumiu Mano.

Veja também:

linkCorinthians bate o Misto e vai às oitavas da Copa do Brasil

tabela Copa do Brasil - Calendário / Resultados

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Fizemos um jogo dentro daquilo que se precisava fazer. Não foi um jogo maravilhoso, nem poderia ser", comentou o treinador. "Mas fizemos o suficiente para fazer a vitória por dois gols". Para Mano Menezes, a atuação na etapa final foi decisiva, quando Chicão e André Santos marcaram os gols corintianos. "No segundo tempo (o Corinthians) foi muito superior, e essa superioridade deu a margem necessária (para eliminar o jogo de volta)", disse o técnico.

Com o time perdendo boas chances de marcar, Mano lembrou que a atuação de três atletas acabaram por definir a vitória sobre o Misto. "São os méritos individuais dos jogadores que fazem a diferença", disse, se referindo a Chicão, André Santos e Morais. O último, inclusive, ganhou elogios do comandante, após ter um início de ano ruim. "A gente estava precisando muito que ele fizesse essa recuperação no momento certo, e é mais uma opção para a equipe."

Já com a vaga na Copa do Brasil assegurada, o treinador não escapou de comentar sobre o jogo de volta pelas semifinais do Paulistão, no próximo domingo, contra o São Paulo. Mesmo tendo desconversado sobre a derrota do time são-paulino nesta quarta-feira, pela Libertadores - perdeu por 2 a 1 para o Independiente Medellín -, Mano mostrou confiança na classificação à final. "Eu sei que o São Paulo precisa fazer uma vitória simples, mas ele precisa fazer uma vitória simples contra um adversário que não perdeu na temporada."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.