Túlio comanda vitória do Bota no Sul

Com uma grande atuação do volante Túlio, liberado para se juntar ao ataque no segundo tempo, o Botafogo ganhou do Internacional por 2 a 0, neste domingo, no Estádio Beira-Rio, na primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Depois de sofrer a falta que César Prates cobraria para fazer o primeiro gol e de marcar o segundo gol, aproveitando um rebote da defesa colorada, Túlio desabafou ao sair do campo. "Se continuarmos assim, vamos mudar a opinião dos torcedores e dos jornalistas que não acreditam no time", previu. O Internacional sofreu com a ausência de Tinga, contundido, que foi substituído por Wellington. Sem o meia titular, não teve capacidade para evoluir trocando passes em alta velocidade, como está acostumado, e apelou para os lançamentos para a área, tentando explorar a altura de seus atacantes Souza (1,85 m) e Fernandão (1, 90 m). Fez isso 23 vezes durante o jogo, mas encontrou os zagueiros Rafael Marques (1,83m) e Scheidt (1,85 m) e o goleiro Jefferson (1,88 m) sempre bem colocados para afastar todas as bolas. A decisão que mudou o ritmo da partida foi tomada pelo técnico Paulo César Gusmão no intervalo, quando ele substituiu o lateral-direito Márcio Gomes pelo volante Juca e o ala-esquerda Ramón pelo atacante Marcelinho, liberando o volante Túlio para atacar pelo lado direito e deixar a defesa colorada desesperada. "Nossa ousadia de jogar meio tempo com três atacantes funcionou", comemorou o técnico ao final do jogo. Confira a classificação, os resultados e a próxima rodada do Campeonato Brasileiro 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.