Túlio virou "sério" na Bolívia

Brincalhão? Provocador? Na Bolívia, Túlio não é mais nada do que fez sua fama no Brasil. Lá, ele é considerado um jogador reservado e sério. E a fama de goleador também anda arranhada. Túlio chegou ao Jorge Wilstermann no meio de janeiro e fez dois gols na estréia, uma goleada sobre o Oriente por 5 a 1. Depois, jogou quatro partidas e não marcou. Ainda assim, foi confirmado como titular pelo técnico do time, o argentino Claudio Chacior."Quando o Tulio recebe a bola na área, não costuma falhar. Então confiamos nele para marcar os gols", diz o treinador.Edgard Peherina, repórter do jornal Los Tiempos, de Cochabamba, estranhou quando a reportagem do JT contou das polêmicas e brincadeiras que Túlio fazia no Brasil. "Aqui ele é extremamente sério e quase não fala com os jornalistas. Acho que porque ele foi contratado para fazer gols e não anda fazendo", diz.O treinador Chacior referendou a opinião sobre o brasileiro e fez piada quando soube que Túlio havia posado nu para a revista G Magazine, voltada para o público homossexual. "Ele é um tipo extremamente sério. Talvez esteja assim porque está há pouco tempo com o grupo. Sobre posar nu, acho que não há problema algum. Por mim, ele pode aparecer em revista para gays ou na Playboy que não há diferença. Quero é que ele faça gols. O que ele faz fora do campo não importa"Três vezes artilheiro do Campeonato Brasileiro e campeão em 1995 vencendo o Santos na final, Túlio pediu atenção ao time após último treino antes da estréia. "O Santos é um time muito rápido. Não podemos deixar eles respirarem."Túlio chama atenção da mídia, mas a grande aposta do Jorge Wilstermann é outro brasileiro: Thiago Leitão, meia de 24 anos, que começou na Ponte Preta e está há um ano no clube boliviano. No ano passado, foi eleito um dos três melhores atletas do país e foi o artilheiro da temporada, com 28 gols. "Ele é um jogador humilde, que veio para cá e se tornou artilheiro. Tem um ótimo chute de fora da área", diz Cláudio Chacior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.