Tuma consegue assinaturas para CPI

O deputado estadual Romeu Tuma Júnior (PMDB-SP) já conseguiu as assinaturas necessárias para a criação de uma CPI do Futebol, que investigaria também a chamada ?máfia do apito?, envolvendo o árbitro Edílson Pereira de Carvalho. No fim da tarde desta terça-feira, já haviam sido colhidas mais de 50 assinaturas de deputados ? eram necessárias no mínimo 32.O próximo passo será político. Tuma articula para que a CPI do Futebol seja priorizada, sendo votada antes das 51 propostas de criação de CPIs que estão na fila na Assembléia Legislativa de São Paulo. Para isso, é preciso que os líderes de todos os partidos concordem com a urgência do tema. Até agora, só falta a assinatura dos líderes de dois partidos: PSDB e PTB.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.