Tumulto marca treino da seleção

Um grande confusão se formou na tarde desta terça-feira nas imediações do estádio do Mangueirão, em Belém, onde a seleção brasileira faz o último treino antes da partida contra a Venezuela, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2006. A Polícia Militar estima o público de 65 mil pessoas no treinamento.Segundo informações do jornal O Liberal, uma hora antes do início do treino, marcado para as 17 horas, as arquibancadas do estádio já estavam lotadas. Muita gente ficou de fora e começou a protestar. Revoltados, vários torcedores tentaram invadir, forçando os portões, o que provocou a reação da Polícia Militar. Alguns portões foram quebrados. Segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a situação no Mangueirão é ?preocupante?. Foram enviadas 10 ambulâncias para o local, sendo duas equipadas com UTI móvel. O cálculo inicial aponta para cerca de 70 feridos.Não houve cobrança de ingressos para o treino, mas para entrar o torcedor tinha de levar um quilo de alimento não perecível. O primeiro treino da seleção em Belém aconteceu na segunda-feira, mas foi realizado com portões fechados. O jogo com a Venezuela será na noite desta quarta, a partir das 21h30, no Mangueirão.

Agencia Estado,

11 de outubro de 2005 | 16h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.