Tunísia retira candidatura para sediar Copa

O presidente da Federação Tunisiana de Futebol, Hamouda Ben Ammar, desistiu e anunciou nesta sexta-feira que a Tunísia se retira da briga para ser a sede da Copa do Mundo do 2010. "A Fifa voltou a dizer que a organização compartilhada (a Tunísia planejava organizar o mundial ao lado da Líbia) não é possível. Por causa disso, preferimos retirar a nossa candidatura?, explicou Ben Ammar.O presidente da Fifa, Joseph Blatter, reafirmou que os estatutos da entidade não prevêem a organização compartilhada quando existem candidaturas individuais. Ainda assim, ele agradeceu a Tunísia pela participação e pelo ?fair-play?. O anúncio da decisão sobre a escolha da sede do Mundial de 2010 será feitp neste sábado, em Zurique. Continuam na disputa a África do Sul, Marrocos, Egito e Líbia. A África do Sul é a mais forte candidata e deverá ser a vencedora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.