Tupi derrota o Paysandu em Belém e fica mais perto de deixar a degola da Série B

Em segunda derrota seguida, Paysandu perdeu por 3 a 0

Estadão Conteúdo

30 Agosto 2016 | 21h26

O Paysandu sofreu a sua segunda derrota seguida no Campeonato Brasileiro da Série B, após perder uma série de 13 jogos de invencibilidade, nesta terça-feira, quando caiu para o Tupi pelo placar de 3 a 0, em pleno estádio da Curuzu, em Belém, pela 22.ª rodada. Os gols foram marcados por Giancarlo, duas vezes, e Jonathan.

O resultado deu um ânimo a mais para o Tupi, que começa a sonhar em deixar a zona de rebaixamento. O clube mineiro soma 22 pontos na tabela de classificação. O Paysandu, por sua vez, vê o acesso cada vez mais distante com os mesmos 28 pontos.

A derrota para o Oeste por 1 a 0, no final de semana, não foi muito bem digerida pelo Paysandu, que acabou não se encontrando no primeiro tempo diante do Tupi, mesmo ao lado de seus torcedores. Com a exceção da bela cobrança de falta de Tiago Luis logo no início do jogo - o goleiro Rafael Santos defendeu -, o clube paraense acabou sendo dominado pelo adversário.

A blitz do Tupi começou logo aos 15 minutos. Recife deu chutão na intermediária, mas a bola acabou caindo nos pés de Jonathan, que saiu de frente para o gol e obrigou uma grande defesa de Emerson. Depois foi a vez de Hiroshi parar no goleiro, destaque do time da casa.

Aos 32 minutos, não teve jeito. Bruno Costa roubou a bola do adversário e cruzou. Giancarlo subiu mais alto do que os marcadores, cabeceou para o chão e abriu o marcador. Tiago Luís, novamente de falta, tentou o empate, mas novamente ficou no goleiro Rafael Santos.

O time da casa acabou voltando melhor para o segundo tempo. O técnico Dado Cavalcanti colocou o time para frente com as entradas de Roberto e Rivaldinho e foi o passe do primeiro que achou Maílson de frente para o gol. O atacante encheu o pé, mas Rafael Santos fez uma defesa espetacular para evitar o empate.

A situação do clube paraense ficou ainda mais complicada na sequência com a expulsão de Ricardo Capanema. Com um a menos, o Paysandu acabou não resistindo ao visitante e sofreu o segundo gol. Aos 25 minutos, Marcos Serrato deu passe açucarado para Jonathan, que tocou na saída de Emerson. Ainda deu tempo para Giancarlo dar números finais ao confronto aos 47.

Na próxima rodada, a 23.ª, o Paysandu enfrenta o Luverdense nesta sexta-feira, às 21h30, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT). No sábado, às 16 horas, o Tupi recebe o Bragantino, no estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG).

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU 0 x 3 TUPI

PAYSANDU - Emerson; Edson Ratinho, Fernando Lombardi, Gilvan e João Lucas; Ricardo Capanema, Augusto Recife (Leandro Cearense), Lucas (Ricardinho) e Celsinho (Robert); Tiago Luís e Mailson. Técnico: Dado Cavalcanti.

TUPI - Rafael Santos; Vinícius Kiss (Henrique), Gabriel Santos, Thiago Sales e Bruno Costa; Recife, Marcos Serrato, Hiroshi (Pedrinho), Jonathan e Luiz Paulo; Giancarlo. Técnico: Estevam Soares.

GOLS - Giancarlo, aos 32 minutos do primeiro tempo; Jonathan, aos 25, e Giancarlo, aos 47 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Tiago Luís (Paysandu); Rafael Santos, Jonathan e Euller (Tupi).

CARTÃO VERMELHO - Ricardo Capanema (Paysandu).

ÁRBITRO - Paulo Henrique de Melo Salmazio (MS).

RENDA - R$ 51.617,00.

PÚBLICO - 6.494 pagantes.

LOCAL - Estádio da Curuzu, em Belém (PA).

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.