Rafael Arbex/Estadão
Rafael Arbex/Estadão

Turbulência na volta a São Paulo assusta a equipe do Corinthians

Voo que trouxe o time de Bogotá após a classificação para a fase de grupo da Libertadores chegou a sofrer uma queda de três segundos

Raphael Ramos, O Estado de S. Paulo

13 de fevereiro de 2015 | 14h13

A delegação do Corinthians passou por momentos de pânico no voo entre Bogotá, na Colômbia, e São Paulo. Fortes turbulências no retorno ao Brasil assustaram bastante os passageiros.

O zagueiro Gil, que fazia tratamento no avião para cuidar de uma pancada que levou na panturrilha no jogo contra o Once Caldas, quarta-feira, em Manizales, era um dos jogadores mais assustados.

O Corinthians chegou ao Brasil na madrugada desde sexta-feira, depois de cerca de 12 horas de viagem. A delegação deixou Manizales de ônibus, foi até a cidade de Pereira e depois pegou um avião até Bogotá, de onde partiu para o Brasil.

O Corinthians enfrenta Botafogo neste sábado, no Itaquerão, pelo Campeonato Paulista. Tite deve escalar apenas dois titulares: Guerrero e Fábio Santos, que cumpriram suspensão diante do Once Caldas e não viajaram para a Colômbia. Na quarta-feira, a equipe faz o primeiro jogo da fase de grupos da Libertadores contra o São Paulo, também em casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.