Tim Ireland/AP
Tim Ireland/AP

Turquia anuncia que se candidatará a sediar a Eurocopa de 2024

Será a quarta tentativa recente do país de receber a competição

Estadao Conteudo

15 Fevereiro 2017 | 10h50

A Turquia voltará a tentar sediar um grande evento esportivo, mesmo após fracassar em outras candidaturas. Nesta quarta-feira, o presidente da Federação Turca de Futebol, Yildirim Demiroren, confirmou que o país vai se apresentar para a disputa que definirá a sede da edição de 2024 da Eurocopa.

O país vai apresentar sua candidatura de forma oficial em 2 de março, indicou Demiroren. Assim, essa será a quarta tentativa recente da Turquia de sediar a Eurocopa - as outras foram nas edições de 2008, 2012 e 2016. Os turcos chegaram a se inscrever para serem um dos organizadores da Eurocopa de 2020, mas depois retirou a sua oferta dizendo que iria concentrar seus esforços no evento de 2024.

"A Turquia é o único país na Europa e no mundo que investiu em 32 estádios nos últimos anos. Acreditamos que nesse momento, como federação e como povo, nós merecemos ganhar isso", afirmou o dirigente em um encontro com o ministro dos Esportes turco, Akif Cagatay Kilic, para anunciar a candidatura do país.

A Uefa vai anunciar todos os países que se candidataram a sediar a Eurocopa de 2024 em 10 de março. O vencedor do processo será definido em setembro de 2018.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.