Turquia não deixa Viola ir embora

Os cerca de 30 jogadores brasileiros que atuam no futebol turco vivem um momento de angústia. Apesar da guerra entre Estados Unidos e Iraque, que faz fronteira com a Turquia, eles não conseguem deixar o país.Na quarta-feira, o Itamaraty informou que os atletas continuam impedidos pela federação turca de deixarem o país. O embaixador do Brasil na Turquia, Brian Michael Neele, entrou em contato com o Ministério das Relações Exteriores turco para negociar a liberação dos jogadores, mas não obteve resposta. Eles somente poderão sair com o aval da federação, com autorização do governo turco ou com a liberação do próprio clube.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.