Turquia teme punição severa da Fifa

O presidente da Federação Turca de Futebol, Levent Bicakci, voltou da Suíça com medo de que a Comissão Disciplinar da Fifa aplique uma pena muito severa à entidade por causa dos incidentes ocorridos no jogo da repescagem contra a Suíça em Istambul ? os suíços saíram de campo classificados para a Copa do Mundo.A Fifa ouviu 22 pessoas, dos dois países, no processo de investigação sobre os incidentes. ?Não seremos culpados pelo fato de a delegação suíça ter sido ofendida no aeroporto nem pelos ovos lançados contra seus jogadores, mas responderemos pela briga generalizada que ocorreu no túnel dos vestiários e pelas mensagens do serviço de som do estádio para que o público vaiasse os suíços?, disse o dirigente. A Turquia corre o risco de não poder disputar as Eliminatórias para a Copa de 2010.

Agencia Estado,

01 de dezembro de 2005 | 20h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.