Turquia vai punir corrupção no futebol

Penas de até 18 anos de prisão podem ser aplicadas aos envolvidos no escândalo de corrupção do futebol turco. Vários árbitros são acusados, assim como treinadores do Genclerbirligi e Gaziantespor. Entre as acusações, está a de manipular resultados para ganhar quantias elevadas em casas de apostas.

Agencia Estado,

19 Março 2002 | 19h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.