Tuta justifica ausência do treino

A filha de menos de dois meses passou mal na noite de sexta-feira, chorou muito e não deixou Tuta dormir. Por isso, o atacante foi deitar muito tarde e acabou perdendo hora. Esta foi a desculpa que o atacante deu aos dirigentes do Palmeiras e ao técnico Celso Roth por ter faltado ao treino de sábado. O jogador voltou a trabalhar normalmente hoje, mas não escapará da punição e terá o salário descontado, embora ainda não tenha sido avisado. "Ninguém me falou nada sobre multa." E deverá ficar mais uma vez no banco de reservas, quarta-feira à noite, contra o Cruzeiro, no primeiro jogo das quartas-de-final da Taça Libertadores.O maior problema do treinador, no entanto, é o meia Alex, que continua sentindo dores no tornozelo direito. Hoje ele se arriscou a entrar no campo, em treino realizado pela manhã, na Academia de Futebol, mas não suportou as dores e acabou saindo mais cedo. Ao deixar o local, não conseguiu esconder o abatimento. "Vai ser difícil jogar na quarta."A perda de Alex será quase irreparável para Celso Roth, que tem nas mãos um time limitado tecnicamente, principalmente numa partida decisiva. "É difícil encontrar um jogador com a qualidade do Alex", afirmou o treinador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.