REUTERS/Kacper Pempel
REUTERS/Kacper Pempel

Ucrânia faz 1º jogo como mandante desde início da guerra, enche estádio na Polônia e bate Armênia

Sem poder jogar em seu país por causa da invasão russa, seleção ucraniana atua em Lodz e conquista boa vitória pela Liga das Nações

Redação, Estadão Conteúdo

11 de junho de 2022 | 13h38

A Ucrânia venceu Armênia por 3 a 0 na manhã deste sábado em seu primeiro jogo como mandante desde o início da guerra com a Rússia em seu território. A partida foi realizada em Lodz, na Polônia. Fora da Copa do Mundo, após a eliminação para o País de Gales na repescagem no último fim de semana, a Ucrânia segue com 100% de aproveitamento na segunda divisão da Liga das Nações.

A cidade de Lodz fica no centro da Polônia, mas é próxima da fronteira com a Ucrânia. Grande parcela da população ucraniana refugiada na Polônia compareceu ao estádio, com muitas bandeiras das cores do país e mensagens críticas à guerra.

Após estrear com vitória apertada por 1 a 0 sobre a Irlanda, os ucranianos assumem a ponta do Grupo A, com seis pontos ganhos. A chave ainda conta com a Escócia e apenas um dos times conseguirá acesso para os grupos de elite da próxima edição do torneio. A Armênia, que também havia vencido na estreia, emenda duas derrotas seguidas na chave

A Armênia conseguiu resistir durante mais parte do jogo, mas cedeu à pressão ucraniana quando a partida caminhava para a reta final. A partida foi fria no primeiro tempo e não teve grandes emoções. O placar só foi aberto aos 16 minutos do segundo tempo, quando Malinovskyi acertou um chutaço de fora da área e abriu o placar para os ucranianos.

Após dar a assistência para o primeiro gol, Karavaev também quis deixar sua marca e ampliou para 2 a 0 aos 32 minutos da etapa final. A vitória foi confirmada por Mykolenko aos 39. A zaga da Armênia vacilou e entrou a bola de graça para o adversário fazer o terceiro gol e fechar o placar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.