Ucrânia quer suspensão da Rússia e faz pedido à Fifa e à Uefa

A Federação Ucraniana de Futebol redige carta aos presidentes Blatter e Platini e solicita suspensão dos russos

Estadão Conteúdo

18 Setembro 2014 | 15h32

A Federação Ucraniana de Futebol reiterou nesta quinta-feira seu pedido à Fifa e à Uefa para suspender a Rússia do futebol internacional por causa dos conflitos na região da Crimeia, área ucraniana anexada pelo país vizinho.

A Uefa já decidiu que não reconhecerá os resultados do TSK Simferopol, Sevastopol SKChF e Zhemchuzhina Yalta, times localizados na Crimeia e que acabaram sendo incorporados pelo futebol russo. 

Para a Federação Ucraniana de Futebol, a decisão da Uefa ainda não é suficiente. Ela quer que a Rússia seja banida pela Fifa por ter "violado seriamente suas obrigações", afirmou o presidente da entidade, Anatoliy Konkov.

Em uma carta aos presidentes da Fifa, Joseph Blatter, e da Uefa, Michel Platini, o dirigente afirmou que os russos estão "ignorando os princípios básicos da família do futebol", condenando a "gritante violação" no futebol ucraniano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.