Udinese / Site Oficial
Udinese / Site Oficial

Udinese demite técnico Luigi Delneri e já anuncia novo treinador

Massimo Oddo será o substituto e iniciará o seu segundo trabalho como treinador de um time profissional

Estadão Conteúdo

21 Novembro 2017 | 12h34

Com dificuldades para neste início de Campeonato Italiano, a Udinese decidiu trocar sua comissão técnica nesta terça-feira. A diretoria demitiu o treinador Luigi Delneri e já contratou Massimo Oddo, de apenas 41 anos.

+ Napoli bate o Milan com ajuda do árbitro de vídeo e abre vantagem na liderança

+ Juventus leva 3 da Sampdoria e esboça reação, mas perde no Italiano

Delneri comandava a equipe de Údine desde outubro do ano passado. Mas, nesta temporada, faturou apenas 12 pontos em 12 jogos disputados no Italiano. A situação começou a ficar delicada quando o time levou 6 a 2 da Juventus no mês passado. Na sequência, a Udinese obteve duas vitórias seguidas, o que amenizou a crise.

Mas resultados recentes voltaram a colocar o emprego do treinador sob ameaça. O último deles foi a derrota para o Cagliari por 1 a 0, em casa, no domingo. Com o revés, a Udinese ocupa o 14º lugar da tabela, sem conseguir se afastar da zona de rebaixamento.

Em seu lugar, assumirá Massimo Oddo, que tem pouca experiência no cargo. Com apenas dois anos na função, ele liderou o Pescara no acesso à primeira divisão, em 2016. No entanto, acabou sendo demitido meses depois.

"Massimo Oddo é um treinador promissor e nós acreditamos que ele fará um trabalho muito bom aqui na Udinese", disse Manuel Gerolin, diretor esportivo do clube.

Ao desembarcar no clube, o treinador afirmou que não recebeu metas específicas da diretoria. "O clube não me deu nenhuma meta específica a não ser trabalhar duro para implementar minha filosofia de futebol. O que se verá em campo será o resultado das ideias que tenho na cabeça", disse Oddo, que foi campeão da Copa do Mundo de 2006, pela Itália, como jogador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.