Uefa abre nova ação disciplinar contra o Celtic

Uma semana após ser multado em 15 mil euros, o Celtic foi novamente acionado pela Uefa por conta das manifestações de sua torcida. A segunda ação disciplinar em menos de 40 dias foi resultado da reação dos torcedores à multa aplicada na segunda-feira passada.

AE, Agência Estado

19 de dezembro de 2011 | 09h31

Eles atiraram fogos de artifício em direção ao gramado e exibiram faixas consideradas "ofensivas" durante a partida contra a Udinese, na semana passada, pela Liga Europa. A Uefa não revelou o conteúdo "ofensivo" das faixas. O caso será analisado pela entidade no dia 26 de janeiro.

As manifestações foram uma reação à multa aplicada pela própria Uefa, que considerou inadequada os hinos entoados pelos torcedores escoceses em apoio ao grupo extremista IRA (Exército Republicano Irlandês) na partida contra o Rennes, no dia 3 de novembro, também pela Liga Europa.

O Celtic já havia escapado de uma punição semelhante no Campeonato Escocês, em outubro. Preocupado com a situação, o principal executivo do clube, Peter Lawwell, já havia pedido aos torcedores que evitem estas manifestações nas arquibancadas.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolUefaCeltic

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.