Reprodução
Reprodução

Uefa abre procedimento disciplinar contra Rússia e Montenegro

Seleções são denunciadas por confusão em partida da última sexta

Estadão Conteúdo

30 Março 2015 | 15h05

A Uefa anunciou nesta segunda-feira que abriu procedimento disciplinar contra Montenegro e Rússia por conta da confusão que interrompeu a partida entre as duas seleções, na sexta-feira, em rodada das Eliminatórias da Eurocopa de 2016.

A Associação de Futebol de Montenegro foi denunciada por causa de objetos e sinalizadores lançados no gramado durante a partida. Um deles atingiu o pescoço e ombro do goleiro russo Igor Akinfeev, que sofreu uma concussão no gramado logo aos 20 segundos de partida e precisou ser encaminhado ao hospital. O jogo foi paralisado por cerca de 30 minutos.

A entidade montenegrina também vai responder por ter sediado partida que não foi finalizada. O jogo, disputado na cidade de Podgorica, foi encerrado de forma prematura aos 22 minutos do segundo tempo em razão de uma confusão geral entre jogadores e membros da comissão técnica das duas seleções.

A federação russa foi denunciada também por conta de objetos lançados ao gramado por parte de sua torcida. A Uefa confirmou que mais cedo os russos apresentou protesto contra Montenegro, pedindo os três pontos que estavam em disputa na partida, que terminou em 0 a 0.

O caso será analisado pelo Conselho Disciplinar, de Ética e Controle da Uefa em data ainda a ser anunciada. O resultado da partida será determinante para a definição do Grupo G. A Rússia e Montenegro disputam o terceiro lugar da chave, ambos com cinco pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.