Uefa abre processo disciplinar contra Gattuso

A Uefa anunciou nesta quarta-feira a abertura de um processo que pode levar a sanções disciplinares contra o capitão do Milan, Gennaro Gattuso, por ter agredido o assistente técnico do Tottenham Hotspur Joe Jordan com uma cabeçada após jogo na terça-feira.

REUTERS

16 de fevereiro de 2011 | 10h12

Gattuso se indispôs com Jordan e o empurrou à beira do campo durante a partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões no estádio San Siro, em Milão. Depois da partida, vencida pelo Tottenham por 1 x 0, o meia deu a cabeçada no assistente técnico.

O jogador depois lamentou seu comportamento "indesculpável", e o técnico do Tottenham, Harry Redknapp, chamou o italiano de "louco".

Em nota, a Uefa disse que seu Órgão de Controle e Disciplina vai se reunir na próxima segunda-feira, dia 21, para discutir os "incidentes" da tensa partida na Itália.

O jogo de volta será em 9 de março, em Londres. Gattuso, que levou o segundo cartão amarelo no jogo de terça-feira, estará automaticamente suspenso.

Tudo o que sabemos sobre:
FUTUEFAGATTUSO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.