Srdjan Zivulovic / Reuters
Srdjan Zivulovic / Reuters

Uefa aplica multa e proíbe Spartak Moscou de ter torcida visitante em Sevilha

Entidade adia decisão sobre punições a Arsenal e Colônia, que também fizeram jogo com confusões

Estadão Conteúdo

22 de setembro de 2017 | 12h51

A Uefa anunciou punição ao Spartak Moscou nesta sexta-feira por conta de confusão protagonizada por sua torcida em jogo da Liga dos Campeões. A entidade aplicou multa de 60 mil euros (cerca de R$ 224 mil) e proibiu o time de ter torcida visitante contra o Sevilla, na Espanha.

Pela decisão, o atual campeão russo não poderá vender ingressos aos seus torcedores que tiverem interesse de assistir ao jogo do dia 1º de novembro, na cidade espanhola, em duelo válido pela quarta rodada do Grupo E da Liga dos Campeões. O próximo jogo do Spartak em casa, contra o Liverpool, na terça-feira, não será afetado.

A Uefa decidiu pela punição por causa do lançamento de um sinalizador por parte da torcida do Spartak no jogo contra o Maribor, na semana passada, na rodada de abertura do grupo. No jogo de disputado na Eslovênia, um torcedor russo atirou o sinalizador próximo ao árbitro alemão Denis Aytein.

Ele paralisou o jogo na hora e só retomou a partida minutos depois. O duelo acabou empatado por 1 a 1.

ARSENAL

Ainda nesta sexta, a Uefa adiou a decisão sobre eventuais punições ao clube inglês e ao Colônia, também em razão de distúrbios causados pela torcida em jogo da Liga Europa, na semana passada. A entidade alegou que precisa aprofundar a investigação para avaliar melhor o caso.

Na partida válida pelo Grupo H, a partida entre Arsenal e Colônia foi adiada em uma hora porque a torcida do time alemão tomou conta das ruas ao redor do Emirates Stadium e chegou a impedir a entrada de torcedores ingleses, com ingressos em mãos, no estádio. A maior parte dos alemães não tinham bilhetes.

Por conta da confusão, o Colônia sofreu quatro denúncias. O Arsenal também foi denunciado, porque permitiu que torcedores sentassem em corredores, atrapalhando a passagem das pessoas presentes na arena.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.