Uefa apresenta estudo sobre gols na Eurocopa deste ano

De acordo com um estudo da Uefa, apresentado nesta quarta-feira a treinadores e diretores técnicos de 53 federações de futebol européias, as melhores seleções da Eurocopa 2008 valorizaram a posse de bola e o contra-ataque na competição.O diretor técnico da Uefa, Andy Roxburgh, fechou a oitava Conferência Nacional de Técnicos da Uefa, apresentando a análise. "O segredo é manter a posse de bola e jogar com paciência, disse Roxburgh. "A Espanha e outros times jogaram dessa maneira. Guus Hiddink (técnico da Rússia) fez uma apresentação em como os russos estão indo na mesma direção."Segundo a análise, mais de 40% dos gols marcados na Eurocopa 2008 foram feitos em contra-ataques. Surpreendentemente, apenas um foi marcado de falta, enquanto na Liga dos Campeões da Europa, a participação desses gols é 50% maior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.