Uefa avisa que não vai punir Rooney por entrada dura

A Uefa anunciou nesta segunda-feira que não vai punir o atacante Wayne Rooney pela acusação de ter agredido um jogador do Aaalborg durante o empate por 2 a 2 com o Manchester United, na última semana, em partida válida pela última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Rooney deu uma entrada dura em Kasper Risgard. Na jogada, ele pisou no atleta do Aalborg. O árbitro francês Laurent Duhamel ignorou a jogada, o que revoltou os jogadores do time dinamarquês. Depois da partida, Kasper Risgard se queixou, dizendo que tinha "grandes marcas" visíveis depois que Rooney "saltou sobre meu peito". Ele afirmou que o inglês se desculpou, mas insinuou que Rooney seria expulso se o jogo não tivesse sido realizado em Old Trafford.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.