Uefa confirma CSKA na final da Copa

A comissão disciplinar da Uefa rejeitou o protesto do Parma e garantiu o CSKA na decisão do título da Copa da Uefa. A entidade confirmou, neste domingo na cidade suíça de Nyon, o resultado no campo, 3 a 0 para a equipe russa, que vai enfrentar o Sporting Lisboa, no próximo dia 18 na capital portuguesa. O clube italiano protestou que a torcida do CSKA atirou foguetes sinalizadores no campo durante a partida e que um deles quase atingiu o goleiro Bucci, que precisou ser substituído minutos depois e teve de ser internado em um hospital de Moscou. As punições ao clube russo foram uma multa de 100 mil francos suíços e a obrigação de mandar seus dois jogos em competições européias com portões fechados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.