Uefa declara vitória da Itália em jogo contra Sérvia

Partida foi interrompida por causa dos distúrbios provocados pelos torcedores sérvios

AE, Agência Estado

29 de outubro de 2010 | 12h45

Como já era esperado, a Uefa decidiu nesta sexta-feira declarar a Itália como vencedora do jogo contra a Sérvia, que foi suspenso logo aos seis minutos do primeiro tempo, no dia 12 de outubro, por causa dos distúrbios provocados pelos torcedores sérvios no Estádio Luigi Ferraris, em Gênova. Além de definir vitória italiana por 3 a 0, a entidade aplicou multas aos dois países.

O jogo do dia 12 de outubro valia pela quarta rodada das Eliminatórias da Eurocopa de 2012. Mas foi interrompido pelo árbitro logo no começo, quando ainda estava 0 a 0, diante da falta de segurança. Afinal, os torcedores sérvios ameaçaram invadir o campo e ainda jogaram sinalizadores no gramado - a confusão começou antes mesmo da partida, provocando seu atraso, e continuou depois. A violência deixou 16 pessoas feridas, incluindo dois policiais, e provocou mais de 30 prisões.

Diante disso, a Uefa aplicou duras punições nesta sexta-feira. Apesar de ter sido declarada vencedora do jogo, a Itália foi multada em 100 mil euros (aproximadamente 237 mil reais) pela falta de segurança no estádio em Gênova. Mas, com a vitória por 3 a 0, a seleção italiana disparou na liderança do Grupo C das Eliminatórias da Eurocopa, agora com 10 pontos em quatro rodadas - a segunda colocação é da Eslovênia, com sete. Enquanto isso, a Sérvia permanece com quatro pontos, em quinto lugar na chave.

A Sérvia chegou a pedir que o jogo fosse realizado novamente, mas não obteve sucesso. Além de ter sido declarada perdedora, foi multada em 120 mil euros (cerca de 285 mil reais) e será obrigada a disputar uma partida em casa das Eliminatórias da Eurocopa com os portões fechados, sem público no estádio - será no dia 25 de março, contra a Irlanda do Norte. Para completar, os torcedores sérvios estão proibidos de assistir qualquer compromisso da seleção do país como visitante na competição.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolEurocopaUefa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.