Aris Messinis/AFP
Aris Messinis/AFP

Uefa denuncia AEK Atenas e Ajax por briga de torcida em jogo da Liga dos Campeões

Conflito ocorreu nas arquibancadas antes mesmo do apito inicial nesta quarta-feira; audiência será no dia 13 de dezembro

Estadão Conteúdo

28 de novembro de 2018 | 15h50

A Uefa denunciou nesta quarta-feira o AEK Atenas e o Ajax devido à confusão que envolveu as torcidas dos dois times no jogo de terça, pela fase de grupos da Liga dos Campeões. Os dois clubes serão julgados pelo painel disciplinar da entidade em audiência marcada para o dia 13 de dezembro.

Na capital grega, a confusão teve início nas arquibancadas antes mesmo do início do jogo. Os torcedores do AEK Atenas lançaram artefatos explosivos sobre a área reservada para os holandeses, que tentaram se dispersar ou revidar as agressões sofridas. A polícia precisou intervir e teve confrontos com os fãs antes e durante o jogo. Algumas pessoas tiveram ferimentos, inclusive no rosto.

Por conta do episódio de violência, a equipe grega foi alvo de seis denúncias, contra duas do time holandês. O AEK corre o risco de ter seu estádio com os portões fechados para um próximo jogo em torneio organizado pela Uefa - a equipe é a última colocada do Grupo E, sem mais chances de avançar na Liga dos Campeões e nem entrar na Liga Europa.

Já o Ajax poderá sofrer com um eventual punição na fase de mata-mata. Sua torcida poderia ser impedida de ir ao jogo das oitavas de final. O time de Amsterdã já está classificado para a próxima fase da competição.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.