Tim Ireland/AP
Tim Ireland/AP

Uefa distribuirá 371 milhões de euros em prêmios na Eurocopa de 2020

Cada um dos 24 participantes da fase de grupos receberá 9,25 milhões de euros

Estadão Conteúdo

26 de fevereiro de 2018 | 14h14

A Uefa anunciou nesta segunda-feira que a edição de 2020 da Eurocopa pagará um valor recorde em premiação. Na 42.ª edição de seu Congresso Ordinário, em Bratislava, na Eslováquia, a entidade definiu que serão distribuídos 371 milhões de euros (cerca de R$ 1,478 bilhão) entre as seleções que disputarem o torneio continental.

+ Alemanha suspenderá lei contra perturbação do sossego durante a Copa

+ 20% da população da Islândia solicita ingressos para a Copa do Mundo

Os 55 membros de federações nacionais que participaram do congresso foram informados da decisão pelo Comitê Executivo da Uefa. O valor definido para o torneio em 2020 supera com folga o antigo recorde, de 301 milhões de euros distribuídos na Eurocopa de 2016, na França.

A Uefa explicou que cada um dos 24 participantes da fase de grupos receberá 9,25 milhões de euros. Durante este estágio inicial do torneio, cada vitória valerá 1,5 milhão de euro, enquanto o empate dará 750 mil euros aos times.

A partir do mata-mata, os valores serão ampliados a cada nova fase alcançada. Quem chegar às oitavas de final ganhará 2 milhões de euros. Nas quartas, cada seleção receberá 3,25 milhões de euros. O prêmio para os semifinalistas será de cinco milhões de euros.

Entre os times da decisão, serão dados 10 milhões de euros ao campeão, enquanto o vice ganhará 7 milhões. Se vencer todas as partidas da primeira fase, o vencedor da Eurocopa de 2020 será premiado com um total de 34 milhões de euros. Em 2016, na França, o máximo que uma seleção poderia receber era 27 milhões.

A Uefa explicou que o aumento no valor distribuído se deu pela maior arrecadação do programa de desenvolvimento e solidariedade da entidade, o HatTrick V, que foi contemplado com 775 milhões de euros para o próximo ciclo de quatro anos (2020 a 2024), 30% a mais do que os 660 milhões disponíveis entre 2016 e 2020.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.