Daily Mail/Reprodução
Daily Mail/Reprodução

Uefa fecha setor de estádio do Bayern de Munique por cartaz homofóbico

Local não receberá torcedores após provocação contra o Arsenal em jogo da Liga dos Campeões

Agência Estado

24 de março de 2014 | 10h05

NYON - A Uefa anunciou nesta segunda-feira que um setor da Allianz Arena estará fechada na próxima partida do Bayern de Munique como mandante na Liga dos Campeões da Europa em razão do comportamento discriminatório dos seus torcedores em um jogo anterior, pelas oitavas de final, diante do Arsenal.

Naquela oportunidade, foi exibido um cartaz com um desenho do meia alemão Mesut Ozil, trajado com uma camisa do time londrino, mas sem o calção em frente ao canhão que é o símbolo do Arsenal e com inscrição "Gay Gunners" - Gunners é exatamente o apelido da equipe. A mensagem foi capturada em uma fotografia pelo jornal inglês Daily Mail.

Os torcedores do Bayern também exibiram uma outra faixa com as palavras de ordem: "Diga não ao Racismo. Diga sim ao Kosovo". O Kosovo é uma antiga província da Sérvia, cuja proclamação da independência é contestada pela Sérvia.

Com a definição da punição ao Bayern, o setor 124 da Allianz Arena estará fechado e sem público na partida de volta das quartas de final da Liga dos Campeões da Europa, contra o Manchester United, no dia 9 de abril. Além disso, o clube alemão também foi multado em 10 mil euros (aproximadamente R$ 32 mil) por exibir um "cartaz ilícito".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.