Uefa implanta a reserva de mercado

Numa decisão histórica e que pode provocar efeitos imediatos no mercado de futebol, a Uefa decidiu nesta quinta-feira que os clubes que participarem de competições européias deverão incluir, no mínimo, oito jogadores nacionais em elencos de 25 atletas. A nova regra entrará em vigor no início da temporada 2006-07 e será adotada na Liga dos Campeões da Europa e na Copa da Uefa. Por enquanto a norma não será aplicada em competições domésticas, mas a Uefa recomenda que os países também passem a adotar o sistema. A medida é conseqüência do temor das confederações nacionais européias, preocupadas com a invasão de jogadores não europeus.

Agencia Estado,

21 Abril 2005 | 14h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.