Uefa investiga ingleses por racismo

Em uma iniciativa inédita, a Uefa decidiu realizar uma ampla investigação contra a Associação Inglesa de Futebol por práticas de racismo no jogo realizado no dia 2 de abril, contra a Turquia. O jogo foi válido pelas eliminatórias da Eurocopa de 2004 e os ingleses venceram, em casa, por 2 a 0.As investigações vão ocorrer depois que a Federação Turca de Futebol fez uma denúncia, na sede da Uefa na Suíça, contra os ingleses. Segundo a Uefa, atos racistas por parte dos torcedores da Inglaterra serão avaliados e Londres pode apresentar sua defesa até o próxima dia 21.Além disso, será avaliado o comportamento dos funcionários da Associação Inglesa e do estádio, que teriam insultado os jogadores turcos no túnel que dá acesso ao gramado. Há poucos dias, os ingleses foram avisados que seriam avaliados por causa da invasão de campo que ocorreu durante o jogo. Agora, a Uefa alerta que o processo será bastante mais amplo.Mas os turcos também estão sendo investigados. Os jogadores teriam insultados os atletas ingleses e um deles - Tugay - teria ameaçado de morte aos ingleses David Beckham e Rio Ferdinand. Uma punição deverá ser anunciada no dia 1º de maio, quando o Comitê de Disciplina da Uefa se reúne para concluir a investigação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.