Uefa investiga Liverpool e Inter de Milão por finanças

Uefa investiga Liverpool e Inter de Milão por finanças

Possíveis violações das regras do Fair Play Financeiro colocam equipes inglesa e italiana na mira da órgão de controle da Uefa

Estadão Conteúdo

25 Setembro 2014 | 13h58

A Uefa revelou nesta quinta-feira que abriu investigações contra o Liverpool e a Inter de Milão por causa dos seus altos gastos e de possíveis violações das regras do Fair Play Financeiro. Os dois clubes donos de títulos europeus estão entre os sete clubes que estão na mira da entidade por apresentarem déficits nos dois últimos anos.

Além de Inter de Milão e Liverpool, Monaco e Roma também estão envolvidos na investigação e terão que fornecer relatórios financeiros extras para o Órgão de Controle Financeiro da Uefa nos próximos dois meses.

Todos esses quatro clubes estão sendo minuciosamente analisados em seus retornos para competições europeias na atual temporada e, coincidentemente, passaram por processo de aquisição nos últimos anos. Suas finanças não foram avaliados na última temporada, quando a Uefa começou a punir times por gastos excessivos. Sporting, Besiktas e Krasnodar completam a relação de sete equipes sob investigação.

A Uefa também explicou que cinco times tiveram suas premiações em dinheiro para esta temporada em razão da participação na Liga dos Campeões ou da Liga Europa retidos por não terem sido pagos, salários, valores de transferências ou impostos. Esses clubes são Bursaspor (Turquia), Cluj (Romênia) Astra Giurgiu (Romênia), Buducnost Podgorica (Montenegro) e Ekranas (Lituânia).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.