EFE/FILIP SINGER
EFE/FILIP SINGER

Uefa investigará Sergio Ramos por admitir cartão amarelo proposital contra o Ajax

Zagueiro foi advertido aos 44 minutos do segundo tempo quando o Real já vencia por 2 a 1 na Holanda

Redação, Estadão Conteúdo

14 de fevereiro de 2019 | 18h46

A Uefa anunciou nesta quinta-feira que vai investigar o espanhol Sergio Ramos, do Real Madrid, elas declarações que deu após a vitória de quarta sobre o Ajax, por 2 a 1, na Liga dos Campeões. Depois do apito final em Amsterdã, o zagueiro admitiu que forçou para receber o cartão amarelo.

Com o resultado praticamente garantido e a vaga às quartas de final encaminhada, Sergio Ramos recebeu o cartão amarelo já aos 44 minutos do segundo tempo. Depois da partida, concedeu entrevista na qual admitiu que queria ser advertido para não atuar no duelo de volta e voltar em uma provável partida de quartas de final.

"Iniciamos uma investigação disciplinar no artigo 31 (3) do regulamento disciplinar da Uefa, em relação às declarações do jogador do Real Madrid Sergio Ramos na partida mencionada anteriormente", informou a Uefa em comunicado.

BALE

Outro jogador do Real que será investigado é o galês Gareth Bale, mas pela Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF). A entidade explicou que abriu um processo disciplinar contra o jogador por causa de sua comemoração no triunfo por 3 a 1 sobre o Atlético de Madrid, no último sábado, pelo Campeonato Nacional.

Após marcar o gol que definiu o placar da partida, Bale provocou a torcida do Atlético na comemoração, ao fazer uma "banana" em sua direção. Se for considerado culpado, o jogador poderá ser suspenso por quatro a 12 partidas.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.