Uefa mantém suspensão a Roberto Carlos

A diretoria do Real Madrid bem que tentou, mas não conseguiu abrandar a pena imposta ao lateral-esquerdo Roberto Carlos, flagrado pelas câmeras ao agredir o argentino Martín Demichelis, do Bayern de Munique. Acompanhado de assessores jurídicos do clube espanhol e do diretor esportivo Emilio Butragueño, o jogador brasileiro ouviu nesta segunda-feira um sonoro ?não? da Comissão de Controle e Disciplina da entidade.Assim, o time vai jogar desfalcado a partida de volta das oitavas-de-final da Liga dos Campeões, quarta-feira, não só de Roberto Carlos, mas também do atacante Ronaldo, machucado.

Agencia Estado,

08 de março de 2004 | 12h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.