Uefa multa Spartak e suspende Ibson na Liga Europa

O Spartak Moscou escapou de uma punição mais pesada da Uefa na Liga Europa, nesta sexta-feira, por causa da invasão de seus torcedores ao gramado na partida contra o Zilina, na Eslováquia, no início do mês.

AE, Agência Estado

17 de dezembro de 2010 | 17h33

O clube russo, que corria o risco de ter que disputar seu próximo jogo em casa sem torcida, foi multado em 75 mil euros. E foi colocado em período probatório por dois anos. A Uefa também puniu o brasileiro Ibson, ex-Flamengo, com uma suspensão de dois jogos, por conta da expulsão na mesma partida, no dia 8.

O jogo foi marcado por uma confusão gerada pelos torcedores russos logo nos primeiros minutos do duelo. Eles arremessaram morteiros e invadiram o gramado, o que causou a interrupção da partida por cerca de 20 minutos.

A suspensão de Ibson, que pode ser revertida por recurso, será cumprida nos dois confrontos com o Basel, da Suíça, na próxima fase da Liga Europa, em fevereiro. Se avançar, o Spartak terá pela frente nas oitavas de final o vencedor do duelo entre Anderlecht e Ajax.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolUefaSpartak Moscou

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.